Internacional

Rússia irá atacar novos alvos se Ocidente fornecer mísseis de longo alcance à Ucrânia, ameaça Putin

"Tiraremos as conclusões apropriadas e utilizaremos as nossas armas (...) para atacar locais que até agora não visámos", afirmou o líder russo.


Vladimir Putin avisou este domingo que Moscovo irá atacar novos alvos caso o Ocidente envie mísseis de longo alcance à Ucrânia. 

"Tiraremos as conclusões apropriadas e utilizaremos as nossas armas (...) para atacar locais que até agora não visámos", afirmou o líder russo, citado por agências noticiosas do país. Os alvos de que fala, contudo, não foram mencionados. 

Note-se que a ameaça surge no mesmo dia em que Kiev, capital ucraniana, voltou a ser atacada pelas tropas russas, com o presidente da câmara a reportar várias explosões. "Várias explosões nos bairros de Darnytsky e Dniprovsky da cidade. Os bombeiros estão a extinguir as chamas", escreveu Vitali Klitschko, através do Telegram.

Também o Estado-maior das forças armadas ucranianas disse, através do Facebook, que "o agressor continua a lançar mísseis e a realizar ataques aéreos contra as infraestruturas militares e civis do país, sobretudo em Kiev".

 

Os comentários estão desactivados.