Sociedade

Arquivada acusação de violação contra Cristiano Ronaldo

Kathryn Mayorga acusa o jogador de a ter violado num hotel em Las Vegas, nos EUA.

Arquivada acusação de violação contra Cristiano Ronaldo

A juíza norte-americana Jennifer Dorsey decidiu arquivar a ação judicial contra Cristiano Ronaldo, interposta pela modelo Kathryn Mayorga, que acusava o jogador português de violação, num hotel em Las Vegas.

A notícia é avançada pela Sky News, que adianta que na base do arquivamento estarão irregularidades nos documentos que a equipa jurídica da modelo apresentou em tribunal.

A juíza usou mesmo o termo de “má fé” em relação à conduta dos advogados de Mayorga, considerando “inapropriado” a utilização dos documentos apresentados como prova.

“Acho que a aquisição e o uso contínuo desses documentos foi de má fé e desqualificar Stovall [advogada de Mayorga] não vai sanar o prejuízo de Ronaldo porque os documentos desviados e seu conteúdo confidencial foram tecidos no próprio tecido das reivindicações da queixosa”, declarou Jennifer Dorsey, na decisão de arquivamento, citada pelo Los Angeles Times.

Os comentários estão desactivados.