Sociedade

Portugal vai receber 2.700 vacinas contra a Monkeypox

País já diagnosticou 241 casos. 

Portugal vai receber 2.700 vacinas contra a Monkeypox

Portugal comprou 2.700 doses da vacina contra a Monkeypox, depois da União Europeia ter adiantado terça-feira que assinou com a empresa Bavarian Nordic um acordo onde estabelece a compra de cerca de 110 mil doses desta vacina para serem distribuídas pelos 27 Estados-membros, pela Noruega e a Islândia. A Direção-Geral da Saúde (DGS) ainda não confirmou, contudo, a data da receção das mesmas.

A notícia foi avançada pelo jornal Público que refere que, apesar de ainda não existir uma estratégia para a administração destas vacinas, está a ser formulada uma norma com indicações referentes à população que será vacinada e aos moldes em que tal será feito. 

As recomendações dadas pela Organização Mundial da Saúde são para que sejam vacinados contactos de risco e profissionais de saúde. 

Ao órgão de comunicação supramencionado, a DGS adiantou que "a coordenação do Programa Nacional de Vacinação e a Comissão Técnica de Vacinação, da DGS, e o Infarmed, estão a avaliar uma estratégia de vacinação para as doses que vierem a ser disponibilizadas para Portugal, estando a ser elaborada uma norma técnica que definirá de que forma será utilizada esta vacina”.

Recorde-se que a compra das vacinas por parte da Comissão Europeia foi anunciada no final do maio, mas apenas ontem confirmada. As vacinas serão distribuídas de forma proporcional à população dos diferentes países, porém será dada prioridade àqueles com mais casos confirmados, Espanha e Portugal.

A DGS confirmou esta quarta-feira que há atualmente 241 pessoas infetadas com Monkeypox em território português, sendo Portugal o segundo país com mais casos confirmados no mundo e o primeiro na União Europeia com mais casos por um milhão de habitantes.

Os comentários estão desactivados.