Brasil presente

Impasse nos investimentos

E a paz social, que é importante na atração de multinacionais, também está arranhada com greves no setor público, como a área de finanças públicas.

Impasse nos investimentos

Por Aristóteles Drummond

Embora com grandes projetos de investimentos em função de privatizações em fase madura, o momento não pode ser dos mais favoráveis diante da dianteira de Lula das Silva nas sondagens. O aeroporto de Congonhas, com movimento superior a 20 milhões de passageiros por ano, pode ser licitado em agosto, por exemplo. A oferta de ações da Eletrobras, estimada em seis mil milhões de euros, poderia ser melhor. Os analistas dos grandes fundos internacionais acham que os ativos no Brasil estão baratos, atraentes, mas o risco político é grande com a hipótese de uma esquerda que cultua fracassos como Venezuela, Chile, Peru. Na venda de ativos do grupo Petrobras, ocorre problema com a ameaça de intervenção nos preços do atual governo, que se diz liberal. E a paz social, que é importante na atração de multinacionais, também está arranhada com greves no setor público, como a área de finanças públicas. Apesar deste quadro a economia vai bem, o desemprego baixou e a moeda mantém valorização perante dólar e o euro nos últimos doze meses. 

Variedades

• Covid persiste, apesar de quase meio milhão de doses aplicadas e 83% da população com pelo menos uma dose. Mas o reforço foi tomado apenas por 43%. É a população cansada da pandemia, no Brasil e no mundo. 

• O Ri de luxo, com base na rede de hoteleira de alta qualidade – Fairmont, Copacabana Palace, Fasano, Emiliano –, restauração e cultura. Os museus do Rio estão entre os mais importantes do país, incluindo o Imperial que fica em Petrópolis, a 70 quilómetros do Rio. 

• Enfim, as vacinas covid estão disponíveis na rede privada. Os governos deveriam assegurar, como fazem, vacinação, mas sem restringir a presença privada. Este preconceito ideológico certamente prejudicou o processo de imunização em todo mundo. 

• A mais recente controvérsia envolvendo o Judiciário é a liberdade condicional dada, depois de apenas seis anos de prisão, a Elize Matsunaga, que matou e esquartejou o marido, Marcos Kitano, dono dos produtos alimentícios Kitano. 

• O setor do saneamento básico vai lidera os investimentos na engenharia nos próximos anos. A privatização em boa parte do país deve atingir a população desprotegida e economizar no serviço público de saúde. A maior privatização foi no Rio de Janeiro. São Paulo ainda está indefinido, apesar de a estatal apresentar os piores índices de gestão entre as empresas do setor.

• Mais grave do que a alta dos preços dos combustíveis, é a possibilidade de escassez de diesel. Transporte público e de carga dependem mais de noventa por cento do gasóleo. O biodiesel tem uma mistura de 10% e pode aumentar para 12 ou 13%, mas a custo superior.

• No futebol, Paulo Sousa atende a torcida do Flamengo e promete aproveitar mais o goleador Pedro, que conta com meia centena de gols com a camisa do clube. 

• A Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein – ligada ao hospital do mesmo nome e considerado um dos três melhores do país – passa a ter cursos de Odontologia e Engenharia Biomédica. O hospital é também um centro de estudos avançados de referência.

• As farmácias começam a ter dificuldades para recompor estoques de antibióticos, consequência do lockdown na China. 

• Um trunfo eleitoral do Presidente Bolsonaro é a ação policial na apreensão de drogas, mais do dobro dos anos anteriores a seu governo. Incorporou a Polícia Rodoviária no combate ao tráfico e os resultados são positivos. 

• O Vasco da Gama, clube muito popular e de origem na comunidade portuguesa do Rio, vai se tornar empresa e ser gerido por um fundo sediado no Reino Unido. 

• A população carcerária se aproxima de um milhão de presos, sendo 50 mil de mulheres. Mais de 300 mil mandados de prisão a serem cumpridos. 

• Bolsonaro aproveita a viagem aos EUA e inaugura o consulado em Orlando, na Flórida. Estima-se que cerca de dois milhões de brasileiros visitam a Disney por ano e 30 mil moram na cidade.

• Ao que tudo indica, o governador de Minas, Romeu Zema, deve ser reeleito. E considerado o melhor entre os 27 governadores do Brasil. 

• Os candidatos começam a aparecer na televisão e rádios em inserções de seus partidos. Até o final do mês, haverá algum tipo de reflexo nas sondagens eleitorais.

Rio de Janeiro, Junho de 2022

Os comentários estão desactivados.