Sociedade

Casal detido por compras online com dados bancários de 300 pessoas

A investigado, denominada de operação "Locker", apurou que o casal entrou em portugal no final de janeiro desde ano, tendo desenvolvido "um plano previamente definido" de compras online "com recurso a dados de cartões e meios de pagamento de terceiros, causando prejuízos que ascendem a mais de 40.000 de euros".


Um casal estrangeiro, com 20 e 22 anos, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por compras, na sua maioria material informático, pagas com cartões e dados bancários de terceiros, atingindo um valor superior a 40 mil euros, informou esta quinta-feira a Polícia Judiciária. Foram afetadas mais de 300 vítimas. 

Em comunicado, a PJ indica que o casal é acusado de  "vários crimes de abuso de cartão de garantia ou de cartão, dispositivo ou dados de pagamento, contrafação de cartões ou outros dispositivos de pagamento, acesso ilegítimo e branqueamento. 

A investigado, denominada de operação "Locker", apurou que o casal entrou em portugal no final de janeiro desde ano, tendo desenvolvido "um plano previamente definido" de compras online "com recurso a dados de cartões e meios de pagamento de terceiros, causando prejuízos que ascendem a mais de 40.000 de euros".

Os detidos, diz ainda a mesma nota, encomendavam sobretudo equipamentos informáticos, que eram remetidos maioritariamente para "lockers" (cacifos onde são deixadas encomendas que podem ser recolhidas através de um código). Os produtos, depois, eram recolhidos pelo casal. 

 

Os comentários estão desactivados.