Vida

Amber Heard: "Eu amo o Johnny Depp. Não lhe desejo mal"

"Amo-o. Amei-o de todo o coração. Tentei tudo para que a relação resultasse", disse a atriz. 


Amber Heard afirmou algo que talvez não fosse previsível para muitas pessoas, confessando sentir ainda "amor" pelo seu ex-marido, Johnny Depp.

Na sua primeira entrevista desde o fim do polémico julgamento que a condenou a pagar uma indemnização no valor de cerca de 10 milhões de euros por difamação, a atriz disse, ao canal NBC, que não sente rancor em relação ao Jophnny Depp.

E vai mais longe: "Amo-o. Amei-o de todo o coração. Tentei tudo para que a relação resultasse", disse. "Não consegui. Não tenho maus sentimentos em relação a ele. Quem ama, perceberá facilmente [o que estou a dizer]."

Heard disse ainda, na mesma entrevista, que o julgamento, "foi um exemplo de como as redes sociais enlouqueceram", e garantiu que irá "defender cada palavra" do seu testemunho até ao dia da sua "morte".

A entrevista ainda não está disponível, sendo apenas divulgada na próxima sexta-feira. 

 

 

Os comentários estão desactivados.