Politica

"É um clássico da oposição pedir demissão". PM mantém confiança na ministra da Saúde

Costa reconhece danos estruturais no SNS, mas está confiante nas novas medidas.


O primeiro-ministro garantiu, esta sexta-feira, que a ministra da Saúde continua a ter a sua confiança, assim como as medidas anunciadas para o setor.

“Como sabe é um clássico da oposição pedir demissão de membros do Governo", afirmou o chefe do Executivo, confrontado pelos jornalistas com os pedidos de demissão de Marta Temido.

Questionado sobre a posição do deputado socialista Sérgio Sousa Pinto, que também defendeu a saída da ministra, Costa respondeu: "E então? Era o que faltava agora andar a seguir as opiniões do Sérgio Sousa Pinto".

"Nós temos consciência de que o SNS tem problemas estruturais, que exigem respostas estruturais, que são exponenciados por semanas como esta, com acumulação de feriados e pontes", disse.

O primeiro-ministro reconheceu que os últimos dois anos foram de "grande stress" para os profissionais de saúde devido à pandemia de covid-19, considerando natural que muitos tenham decidido "legitimamente" férias neste período.

"Penso que parte dos problemas a partir de segunda estará normalizado", afirmou, reconhecendo que têm de ser criadas “melhores condições de remuneração e atratividade das carreiras e uma gestão mais eficiente".

Os comentários estão desactivados.