Cultura

Governo decreta luto nacional no dia do funeral de Paula Rego

O funeral da pintura portuguesa, que morreu aos 87 anos, vai ser realizado no dia 30 de junho. 


O Governo anunciou, esta terça-feira, que o dia de luto nacional pela morte da pintura Paula Rego será assinalado a 30 de junho, quando se realiza o seu funeral.

"Nos termos do decreto aprovado em Conselho de Ministros no dia 8 de junho, o Governo anuncia que o dia de luto nacional pelo falecimento de Paula Rego será assinalado a 30 de junho, data em que se realizam as exéquias da artista, conforme indicação dada pela família da artista", indica o Executivo num comunicado divulgado pela Presidência do Conselho de Ministros.

Na mesma nota, o Governo diz que "Paula Rego foi uma artista maior da cultura portuguesa, com uma obra reconhecida incontornável no panorama artístico nacional e internacional, deixando um legado único que perdurará para sempre na história das artes plásticas".

O funeral da pintora portuguesa, que morreu aos 87 anos, no dia 08 de junho, vai acontecer a 30 de junho, em Londres – onde vivia -, indicou uma fonte próxima da família à agência Lusa.

A cerimónia será "muito restrita, reservada apenas à família e a amigos mais próximos", disse o galerista que representa a obra da artista em Portugal, Rui Brito.

O funeral vai ocorrer numa igreja da zona de Hampstead, na cidade de Londres, detalhou ainda Rui Brito.

Os comentários estão desactivados.