Internacional

Duas indianas detidas depois de serem descobertos mais de 100 animais selvagens nas bagagens

Na bagagem das duas mulheres, estavam dois porcos-espinhos brancos, dois tatus, 35 tartarugas, 50 lagartos e 20 cobras. 


Foram detidas, esta segunda-feira, duas mulheres indianas no maior aeroporto de Banguecoque, na Tailândia, depois de terem sido ‘apanhadas’ a carregar nas suas bagagens mais de 100 animais selvagens.

As mulheres pretendiam levar os 109 animais encontrados para a Índia, sendo que tinham voo marcado para o aeroporto de Chennai.

Segundo o jornal Bagkok Post, os animais foram detetados quando as autoridades passaram as duas malas pelo raio-X. 

Na bagagem das duas mulheres, estavam dois porcos-espinhos brancos, dois tatus, 35 tartarugas, 50 lagartos e 20 cobras. 

Desta forma, as mulheres foram detidas e acusadas de violar a lei de Conservação e Proteção da Vida Selvagem, a lei de doenças animais e a lei alfandegária. 

De seguida, foram entregues às autoridades do aeroporto da capital tailandesa e serão condenadas.

Os comentários estão desactivados.