Politica

Primeiro-ministro falha Conselho de Estado com John Kerry

A reunião com o enviado especial do Presidente dos Estados Unidos contou cinco ausências, entre elas as de António Costa e João Caupers.


O Conselho de Estado, órgão político de consulta da Presidência da República, esteve ontem reunido, tendo como convidado John Kerry, enviado especial do Presidente dos Estados Unidos da América. Na reunião, que começou por volta das 16h45, ficaram, no entanto, cinco cadeiras por preencher.

Lídia Jorge, António Damásio, Leonor Beleza, João Caupers e António Costa falharam a convocatória ao Palácio da Cidadela de Cascais, onde o tema em cima da mesa foram “as perspetivas, os desafios e as oportunidades do combate às alterações climáticas e da transição energética”.

Em representação do primeiro-ministro esteve Mariana Vieira da Silva, ministra da Presidência.

“No contexto das intervenções foi reconhecida a urgência da ação climática, do restauro da biodiversidade, da aposta na transição energética justa e na proteção dos oceanos. Estes desafios têm de ser enfrentados através de um compromisso concertado e ambicioso, do reforço da cooperação multilateral e, sobretudo, agindo com o envolvimento de todos, estados, instituições, sociedade civil, e de cada um de nós, em prol do equilíbrio do nosso planeta, tanto mais que a transição verde é a grande geradora de empregos no futuro”, revelou a Presidência da República, em comunicado, após a reunião em Cascais.

“Nem a guerra, nem a atual pressão inflacionista não podem, nem devem, justificar recuos nesta matéria”, lê-se na mesma nota, que fala do “papel liderante de Portugal na proteção dos ecossistemas marinhos e a defesa da biodiversidade”.

Os comentários estão desactivados.