Cultura

Membro do grupo Die Antwoord acusado de abusos sexuais

O rapper americano Danny Brown acusou Ninja, membro da dupla sul-africana Die Antwoord, de abusos sexuais. 

 


Recentemente, numa entrevista ao podcast ‘2 Bears, 1 Cave’, o artista Danny Brown, revelou ter sido vítima de abusos sexuais, pelo Ninja membro do grupo Die Antwoord. O rapper chegou mesmo a especificar os abusos, que, segundo o mesmo, “terão ocorrido após um concerto em Paris”.

"Ele tentou ter sexo comigo. Fiquei assustado. Eles têm sido cancelados, têm feito muitas coisas estranhas. Mas ele manda-te com a Yolandi (o outro elemento dos Die Antwoord). É assim que tem sexo com a malta", contou.

"Quero que eles se lixem", continuou. "Fui agredido, sexualmente, pelo Ninja. Mantenho o que disse. Ele sabe que não estou a mentir", garantiu.

"Ele sentou-se ao meu colo e tentou curtir comigo. Isso assustou-me. Dei um concerto e o meu DJ fez uma festa, a seguir, na qual ele tentou que eu ficasse com a Yolandi. Eu estava solteiro, mas ele foi demasiado agressivo. Sentou-se ao meu colo e tentou beijar-me. Disse-lhe que me estava a passar", acrescentou.

Além disso, o artista explicou que teve receio de se revoltar, porque não queria ir parar à cadeia. "Sabem o que é ir para uma cadeia em Paris? Fiquei traumatizado", admitiu. 

 

Os comentários estão desactivados.