Internacional

China suspende voos com Portugal durante mais duas semanas devido à covid-19

Foram detetados cinco casos de covid-19 a bordo. 


As autoridades chineses anunciaram este sábado que vão suspender, durante duas semanas, as ligações aéreas com Portuagl, que já estavam suspensas durante um mês, depois de terem sido detetados casos de covid-19 a bordo. 

Através de um comunicado no seu site oficial, a Administração de Aviação Civil da China informou que os voos entre Lisboa e a cidade de Xi'an, operados pela companhia aérea Beijing Capital Airlines, vão estar suspensos a partir de dia 25 de julho por um período adicional de duas, depois de, a 19 de junho, terem sido detetados cinco casos de covid-19, num voo oriundo de Lisboa.

Recorde-se que os voos para a China estão sujeitos à política "circuit breaker" (interruptor), o que significa que quando são detetados cinco ou mais casos a bordo as ligações ficam suspensas durante duas semanas e quando são detetados dez ou mais casos a ligação é suspensa durante um mês.

A ligação entre Portugal e China é feita uma vez por semana. 

No voo anterior, a 12 de junho, foram detetados dez casos positivos a bordo, sendo que, por isso, as autoridades chinesas suspenderam os voos durante um mês, a partir de 27 de junho. Esse período estende-se agora durant mais duas semanas, passando este voo a estar suspenso por um período de seis semanas. 

 

 

Os comentários estão desactivados.