Internacional

Autoridades alemãs investigam suástica gigante desenhada num campo nos arredores de Berlim

A exibição de símbolos nazis é proibida na Alemanha, que detém leis que punem a propaganda do regime nazi de Adolf Hitler, com penas de prisão. 

 


Segundo o jornal germânico Bild,  a polícia alemã encontra-se a investigar “o aparecimento de uma suástica gigante num campo nos arredores da capital”, Berlim, de forma a perceber a origem de um símbolo “cuja reprodução está atualmente proibida no país”.

Lavrada num campo no distrito de Barnim, a suástica - com cerca de 360 ​​metros quadrados -, era facilmente reconhecível do ar. De acordo com a mesma publicação, a polícia já localizou tanto o dono do terreno, como o responsável pela fiscalização das pastagens. No entanto, até então, “não deu mais informações”.

Recorde-se que a exibição de símbolos nazis é proibida na Alemanha, que detém leis que punem a propaganda do regime nazi de Adolf Hitler, com penas de prisão. 

Segundo o jornal alemão, a suástica de Barnim “desapareceu após o alerta dado nas redes sociais por vários utilizadores”.

Os comentários estão desactivados.