Sociedade

Quinteto detido por extorquir dinheiro em Alter do Chão e Albufeira

Três homens e duas mulheres estão a aguardar o primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Fronteira para aplicação das medidas de coação.


Três homens e duas mulheres, entre 27 e 53 anos, foram detidos, esta segunda-feira, pelos crimes de usura, extorsão e branqueamento de capitais nos concelhos de Alter do Chão e Albufeira. 

De acordo com um comunicado da Guarda Nacional Republicana (GNR), o quinteto já estava a ser investigado desde março de 2021 pelos crimes que levaram à sua detenção, através da operação intitulada de “Catamar”. 

“Os militares da Guarda apuraram que os suspeitos emprestavam dinheiro às vítimas, cobrando posteriormente juros elevados e recorrendo à extorsão para posterior recolha de dinheiro. Na sequência da investigação, deu-se início à Operação “Catamar”, tendo sido dado cumprimento a 17 mandados de busca, sete domiciliárias e dez em veículos”, explica a GNR. 

Com um contingente de 100 militares e com o apoio do Grupo de Intervenção Cinotécnica (GIC), do Grupo de Intervenção de Operações Especiais (GIOE) e do Grupo de Intervenção e Ordem Pública (GIOP) da Unidade de Intervenção (UI) e dos Destacamentos de Intervenção (DI) dos Comandos Territoriais de Évora, Faro, Guarda, Leiria e de Santarém, os cinco suspeitos foram detidos e estão agora nas instalações da Guarda a aguardar o primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Fronteira para aplicação das medidas de coação.

Os comentários estão desactivados.