Economia

Aeroporto. Pedro Nuno Santos fala agora que é preciso "consenso"

Já em relação aos cancelamentos e que afecta sobretudo a TAP diz apenas: "Que a TAP é a companhia aérea com mais cancelamentos na Portela, porque "a presença da TAP no aeroporto não tem paralelo com outra companhia".

Aeroporto. Pedro Nuno Santos fala agora que é preciso "consenso"

Depois da polémica em torno da localização do futuro aeroporto, o ministro das Infraestruturas admite que o aeroporto Humberto Delgado tem "problemas estruturais", mas agora diz que é necessário um "consenso" para a nova solução aeroportuária.

"Foi feito um despacho, um despacho que foi revogado, está resolvido, o Estado não foi lesado. (...) É um assunto que para nós está arrumado", acrescentando que "temos problemas no Aeroporto Humberto Delgado, [...], temos problemas com a maior companhia aérea que opera nesse aeroporto, estamos, apesar disso, muito longe da realidade vivida pela maioria esmagadora das companhias e aeroportos por toda a Europa", disse o governante, que está a ser ouvido no parlamento, por requerimento do PSD, para esclarecimentos sobre os problemas nos aeroportos de Lisboa e do Porto.

Já em relação aos cancelamentos e que afecta sobretudo a TAP diz apenas: "Que a TAP é a companhia aérea com mais cancelamentos na Portela, porque "a presença da TAP no aeroporto não tem paralelo com outra companhia".

Esta audição de Pedro Nuno Santos acontece numa altura em que estão a ser cancelados vários voos, diariamente, nos aeroportos europeus, devido à falta de pessoal, greves e outros fatores externos agravantes, nomeadamente climáticos, relacionados com a covid-19 ou com imprevistos. Em Portugal, o Aeroporto Humberto Delgado tem sido especialmente afetado, com dezenas de cancelamentos diários na última semana.

 

Os comentários estão desactivados.