Sociedade

Às 7h00, mais de 1.900 operacionais combatiam 11 fogos ativos em todo o país

Os fogos de Leiria, Setúbal, Faro e Aveiro são os que mobilizam mais meios, segundo os dados da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).


Pelas 7h00 desta quinta-feira, mais de 1.900 operacionais combatiam 11 incêndios ativos espalhados pelo país, com o apoio de 602 viaturas. Os fogos de Leiria, Setúbal, Faro e Aveiro são os que mobilizam mais meios, segundo os dados da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

São as chamas que começaram na sexta-feira às 14h50 em Vale da Pia, em Leiria, as que mais mobilizam meios de combate: 466 operacionais e 127 veículos. Já o incêndio que deflagrou na quarta-feira à tarde, pelas 12h54, em Senhora da Ribeira, e que o vento fez chegar a Albergaria-a-Velha e Estarreja, mobilizava, às 7h00, 463 bombeiros e 146 meios terrestes. No que diz respeito ao fogo de Palmela, em Setúbal, eram ao todo 423 operacionais e 129 veículos. 

No concelho de Seia, na Guarda, as chamas que deflagraram a meio da tarde, na quarta-feira, estavam em resolução desde as 3h59, encontrando-se mobilizados 183 operacionais, com o apoio de 53 veículos. Em  Faro, na freguesia de Montenegro, o incêndio que deflagrou às 23h00 de terça-feira está também por dominar, encontrando-se a ser combatido, ao início da manhã de hoje, por 359 operacionais e 126 meios terrestres. 

Em fase de resolução estava também o incêndio que deflagrou na Cumeada, em Santarém, que mobilizava 401 operacionais, com o apoio de 130 veículos.

 

Os comentários estão desactivados.