Sociedade

Incêndio que teve início terça-feira em Faro volta a estar ativo em Loulé

Estão a combater as chamas mais de 230 operacionais. 


O incêndio que, na terça-feira, deflagrou nas Gambelas, em Faro, teve esta sexta-feira uma reativação, que está a ser combatida pelos meios que se encontravam no terreno em vigilância.

De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro à agência Lusa, a reativação registou-se ao início da tarde, estando a ser combatida pelos meios que se encontravam de vigilância no local, depois de o incêndio ter sido dado como dominado na manhã de quarta-feira e posteriormente declarado extinto.

"A reativação aconteceu na Quinta do Lago, no concelho de Loulé, mas são situações normais e o fogo está a ser combatido para tentar resolvê-lo o mais rápido possível", adiantou a mesma fonte, que aponta o fator vento como mais contribuito para a reativação, assim como as altas temperaturas.

De acordo com a página oficial da Autoridade Nacional de Proteção Civil, pelas 15h17, estavam no local 231 operacionais, apoiados por 83 veículos e quatro aeronaves. 

Recorde-se que o fogo deflagrou inicialmente pelas 23h30 de terça-feira, perto do polo de Gambelas da Universidade do Algarve, na freguesia de Montenegro, sendo que, durante a madrugada de quarta-feira, as chamas passaram para o concelho de Loulé.

 

Os comentários estão desactivados.