Sociedade

Detido suspeito do incêndio que ameaçou civis em Baião

As chamas colocaram em perigo alguns civis e infraestruturas, tendo consumido uma área de 280 hectares. 


A Polícia Judiciária deteve, na terça-feira, um homem de 38 anos por ser suspeito de um incêndio florestal em Baião, no Porto.

Em comunicado, a autoridade explica que "o fogo terá sido provocado com recurso a chama direta, através de isqueiro, em locais de manchas florestais muito significativas". As chamas colocaram em perigo alguns civis e infraestruturas, tendo consumido uma área de 280 hectares. 

O detido será presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação  tidas por adequadas.

 

Os comentários estão desactivados.