Sociedade

GNR apreende mais de 4 mil quilos de alfarroba escondida em sacos no meio de vegetação

Um homem de 58 anos foi identificado quando foi detetado o fruto alegadamente furtado.


A Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Posto Territorial de Armação de Pera, apreendeu mais de 4.300 quilos de alfarroba, em concelho de Silves. Um homem de 58 anos foi identificado quando foi detetado o fruto alegadamente furtado.

Em comunicado, os militares revelam que, durante uma ação de patrulhamento, abordaram vários indivíduos que estavam num terreno, no qual foram “detetados diversos sacos dissimulados em ramos e na vegetação” que continham alfarroba, “a qual suspeita-se que tinha sido furtada e dissimulada naquele local”.

“No decorrer da ação a alfarroba foi apreendida como medida cautelar e foi identificado um homem de 58 anos”, indica a GNR.

Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Silves.

Segundo a GNR, o furto de alfarroba “representa uma preocupação acrescida na região algarvia”, nomeadamente nos produtores agrícolas, mas também na população em geral.

Os militares frisam que têm “reforçado o policiamento e a fiscalização relativamente à apanha e comércio da alfarroba, com o intuito de dissuadir e reprimir práticas ilícitas”.

Os comentários estão desactivados.