Internacional

Sete civis mortos em ataque aéreo da Rússia no noroeste da Síria

Vítimas eram civis e ainda há pessoas entre os escombros dos edifícios atingidos.

Sete civis mortos em ataque aéreo da Rússia no noroeste da Síria

Bombardeamentos russos na região de Idleb, no noroeste da Síria, provocaram a morte de sete sírios, incluindo quatro crianças. A notícia é avançada esta sexta-feira pelo Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

Rami Abdel Rahmane, o diretor do OSDH, afirmou que as vítimas eram civis e ainda há pessoas entre os escombros dos edifícios atingidos. Ambos os países são aliados há várias decadas, sendo que a Rùssia é o principal apoiante do regime de Bachar al-Assad e intervém militarmente no país desde 2015. 

Note-se que a maior parte da província de Idleb, tal como as províncias de Alepo, Hama e Lattaquie são controladas por fações que se opõem ao regime de Damasco. Nesses territórios, há ainda a presença de grupos rebeldes da oposição, que contam com o apoio da Turquia. 

Todas as fações são alvo de ataques das forças sírias, russas e também da coligação internacional liderada pelos Estados Unidos na zona. 

Mais de meio milhão de pessoas já morraram na Síria após o desencadear da guerra, em 2011. 

 

Os comentários estão desactivados.