Economia

Turismo. Julho e agosto concentraram 43% das dormidas em 2021 na UE

“Houve sinais claros de recuperação em 2021”, diz o Eurostat.

Turismo. Julho e agosto concentraram 43% das dormidas em 2021 na UE

No ano passado, o padrão sazonal habitual das dormidas nos estabelecimentos de alojamento turístico na União Europeia aproximou-se dos padrões pré-pandémicos de 2019, com os meses de julho e agosto a concentrarem 43% do total de dormidas, avançou esta terça-feira o Eurostat.

“Apesar da grande concentração de chegadas e dormidas durante os meses de verão de 2020, a queda em valores absolutos foi notável em comparação com 2019, enquanto houve sinais claros de recuperação em 2021”, descreve o gabinete de estatística europeu.

Assim, durante os dois meses de verão de julho e agosto, 782 milhões de noites foram passadas em estabelecimentos de alojamento turístico da EU no ano passado. Este número é superior ao de 2020 (610 milhões de noites; +28%), mas abaixo do ano pré-pandemia de 2019 (926 milhões de noites; -16%).

Analisando os tipos de alojamento procurados, as flutuações sazonais foram menos acentuadas nos hotéis do que para outro tipo de alojamento turístico, e foi verificada uma maior sazonalidade em “alojamentos que não os hotéis e estabelecimentos similares, principalmente em parques de campismo”.

Nesses meses, o número de noites passadas em parques de campismo ficou muito próximo dos valores de 2019 (a 95% dos níveis pré-pandemia). Já os hotéis, bem como no caso de alojamentos de férias e outros alojamentos de curta duração ficaram a 78% e 89%, respetivamente, dos níveis de 2019.

Os comentários estão desactivados.