Vinagrete

Sondagens

Se eu fosse do PS, estaria muito descansado. Mesmo admitindo que a maioria absoluta se ficou a dever a circunstâncias da altura, que não podemos cientificamente saber quais, mas apenas calcular. 

Sondagens

Não entendo o berreiro com as sondagens mais recentes. Que começou com a da Católica da semana passada.

A verdade é que os seus resultados não variam muito dos que eram dados nas últimas eleições. Pelo menos no que se refere aos 2 primeiros partidos.

Se eu fosse do PS, estaria muito descansado. Mesmo admitindo que a maioria absoluta se ficou a dever a circunstâncias da altura, que não podemos cientificamente saber quais, mas apenas calcular. De qualquer modo, não seria Montenegro a assustar-me.

E se fosse do PSD, não me satisfaria nada o novo líder do partido. Porque nas últimas eleições Rio, ao menos, terá estado perto da vitória – ou isso foi aceite pela generalidade dos observadores.

Quanto aos restantes dados são bastante lógicos. E deveriam ajudar o PSD a descolar mais. Ou a restante direita a ter melhores resultados – apesar de nada a vermos fazer por isso.

Os comentários estão desactivados.