Economia

novobanco. Lucros disparam para 266,7 milhões no primeiro semestre

As comissões de serviços a clientes ascenderam a 144,4 milhões, "espelhando um sólido desempenho e mantendo a tendência positiva dos últimos trimestres". 

novobanco. Lucros disparam para 266,7 milhões no primeiro semestre

Os lucros do novobanco disparam 93,7% para 266,7 milhões de euros no primeiro semestre. Em igual período do ano passado, a instituição financeira tinha apresentado um resultado de 137,7 milhões de euros. 

“Os resultados confirmam o momentum do novobanco e o modelo de negócio acretivo, combinado com medidas específicas de geração de capital. O novobanco demonstra criação de valor para todos os seus stakeholders, com o progresso efetuado nos últimos anos refletido no upgrade de 2 níveis pela Moodys. O banco está bem posicionado para continuar a crescer e competir no mercado português”, disse António Ramalho, no mesmo dia que está de saída da liderança da instituição financeira. 

A margem financeira totalizou 268 milhões, (-7,3% vs 1S21), refletindo a evolução estável da taxa média do crédito a clientes e o efeito das emissões de dívida sénior no 4T21 e das taxas de juro negativas nas aplicações do mercado monetário.

Já a margem financeira foi de 1,30% (vs 1,42% em 2021) e o Crédito a clientes (líquido) ascendeu a 24,3 mil milhões (+2,8% vs dez/21), confirmando a trajetória de crescimento da carteira de crédito no segmento de empresas e de particulares, e um ambiente de taxas de juro favorável. 

As comissões de serviços a clientes ascenderam a 144,4 milhões (+6,5% vs 1S21), "espelhando um sólido desempenho e mantendo a tendência positiva dos últimos trimestres".

Notícia em atualização

 

Os comentários estão desactivados.