Sociedade

Carrazeda de Ansiães decreta três dias de luto municipal

Acidente de domingo fez duas vítimas mortais, estando ainda três jovens internados. 


A Câmara Municipal de Carrazeda de Ansiães decretou esta segunda-feira luto municipal na sequência do acidente rodoviário que, no domingo, vitimou sete jovens daquela vila do distrito de Bragança, dois dos quais morreram.

A autarquia divulgou nas redes sociais a decisão de determinar luto municipal "nos dias 2, 3 e 4 de agosto de 2022 como manifestação de pesar e solidariedade para com as famílias".

"Num momento tão delicado e difícil cabe ao Município interpretar os sentimentos de perda e dor, por parte dos familiares e amigos das vítimas", lê-se na publicação. 

A bandeira do município vai ser colocada a meia haste nos Paços do Conselho, na sequência do acidente que resultou d despiste de um veículo onde seguiam sete jovens, pelas 5h45 de domingo.

O primeiro ponto de situação feito pelas autoridades referia que havia um total de sete feridos, cinco dos quais graves, com idades compreendidas entre os 18 e os 20 anos. A primeira morte foi confirmada pelas 9h50 e a segunda pelas 14h00. 

As vítimas mortais são uma rapariga, que foi transportada para o Hospital de Vila Real, e um rapaz, que foi transportado de helicóptero para o Hospital de Santo António, no Porto.

No Hospital de Vila Real permanecem os três feridos graves. 

De acordo com declarações dadas no domingo pelo capitão Hugo Torrado do Comando da GNR de Bragança à agência Lusa, os setes jovens seguiam numa carrinha de caixa aberta com lotação de cinco lugares. 

De acordo com o responsável, o caso vai ser investigado pelo Núcleo de Investigação de Crime em Acidente de Viação.

Os comentários estão desactivados.