Sociedade

Sexagenário com pulseira eletrónica devido a violência doméstica

Foram apreendidas diversas armas e munições. 


Um homem de 63 anos foi na segunda-feira detido em flagrante delito pela Guarda Nacional Republicana (GNR), através do Posto Territorial de Sernancelhe, por violência doméstica. 

De acordo com um comunicado divulgado por esta força de segurança, "após uma denúncia de violência doméstica, os militares da Guarda aquando da sua chegada ao local visualizaram o suspeito a proferir ameaças de morte à sua companheira, na presença do seu filho, tendo sido de imediato detido".

No seguimento desta ação, a GNR fez uma busca domiciliária, tendo apreendido 69 munições de calibre 7,65mm; 57 cartuchos de chumbo de calibre 12; nove cartuchos de bala de calibre 12; sete munições de calibre 6,35mm; uma munição calibre de 22mm; e uma munição de calibre .45 colt.

O detido foi presente ao primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Moimenta da Beira, tendo-lhe sido aplicadas as medidas coação de proibição de contactar, "por qualquer forma ou meio, com a vítima, bem como afastamento da mesma, não podendo aproximarem-se num raio de 300 metros, com recurso a pulseira eletrónica".

 

Os comentários estão desactivados.