Sociedade

Marcelo deixa apelo para que vítimas denunciem abusos sexuais da 'Igreja'

"É chocante haver este tipo de crimes", mas "os portugueses devem ajudar na procura de justiça", afirmou o chefe de Estado.

Marcelo deixa apelo para que vítimas denunciem abusos sexuais da 'Igreja'

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu, esta sexta-feira, a Comissão Independente que investiga abusos sexuais na Igreja e deixou um apelo para que vítimas testemunhem e utilizem direito da denúncia.

Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou a importância do trabalho da comissão. "Ao recolher testemunhos anónimos e criar uma confiança relativamente aqueles que testemunham, canalizam depois essa informação às autoridades", salientou o Presidente.

Para o chefe de Estado "é chocante haver este tipo de crimes", mas deixou o apelo para que as vítimas denunciem os abusos sexuais, defendendo que "os portugueses devem ajudar na procura de justiça". 
 

“É preciso levar a investigação até ao fim, demore o tempo que demorar, independentemente do número de casos que houver e daí retirarem as ilações. Acho que a comunidade portuguesa e as várias instituições, no caso também da Igreja Católica, devem retirar as conclusões desse procedimento do passado”, acrescentou.

Os comentários estão desactivados.