Economia

Aviação. Número de trabalhadores na UE atinge o valor mais baixo dos últimos 14 anos

Dados foram revelados pelo Eurostat.

Aviação. Número de trabalhadores na UE atinge o valor mais baixo dos últimos 14 anos

O número de trabalhadores na aviação na União Europeia (UE) atingiu, nos primeiros seis meses do ano, o nível mais baixo registado em 14 anos, com 325600 pessoas empregadas nos transportes aéreos europeus.

Os dados são do Eurostat que diz que “de forma notória”, esta diminuição caiu mais sobre os trabalhadores com idades entre os 15 e os 39 anos, que passaram de 204400 no primeiro trimestre de 2008 para 121400 em igual período desde ano. Já na faixa etária entre os 40 e os 64 anos foi registado um “ligeiro” aumento de 170500 para 204200.

“O padrão foi semelhante se compararmos o primeiro trimestre de 2019, pré-pandemia, com o primeiro trimestre de 2022. Embora tenha havido um grande decréscimo nos trabalhadores com idades compreendidas entre os 15 e os 39 anos (de 184900 para 121400; -63 500), houve uma diminuição muito menor dos trabalhadores com idades compreendidas entre os 40 e os 64 anos (de 225 500 para 204 200; -21 300)”, explica o gabinete de estatística europeu.

Ao comparar o emprego por género, os homens representavam 58% da força de trabalho no primeiro trimestre deste ano. Esse mesmo saldo também foi registado no primeiro trimestre de 2008. A participação dos homens no transporte aéreo manteve-se bastante estável ao longo do tempo, defende o Eurostat.

“No entanto, embora o emprego total no transporte aéreo na UE tenha diminuído para homens e mulheres durante a pandemia, os homens foram os primeiros afetados no segundo trimestre de 2020, levando a uma proporção de homens igual a 53% no segundo trimestre de 2020”.

E acrescenta que, no terceiro e quarto trimestres de 2020, as mulheres foram as mais afetadas pela pandemia. Ao longo de todo o período entre o primeiro trimestre de 2019 e o primeiro trimestre de 2022, os homens representaram 60% da diminuição (-33800 para as mulheres em comparação com -50900 para os homens).

Os comentários estão desactivados.