Sociedade

Governo disponibiliza página com ganho diário do mecanismo ibérico

A Direção-Geral de Energia passa a divugar ganhos médios diários com o mecanismo ibérico.

Governo disponibiliza página com ganho diário do mecanismo ibérico

Os portugueses vão passar a poder consultar o custo e o benefício líquido do mecanismo ibérico no preço da eletricidade numa base diária, através de uma plataforma acessível no site da Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), atualizada todos os dias.

A novidade foi avançada pelo Ministério do Ambiente e da Ação Climática (MAAC) um dia após ter sido determinado que as faturas da Endesa aos clientes públicos devem indicar esta mesma informação.

Ao aceder ao link, o utilizador é confrontado com diferentes valores relativos ao dia seguinte. Entre eles encontram-se o preço médio diário do mercado spot, o custo médio diário do ajuste, o preço final que resulta da aplicação do mecanismo, e o preço que se praticaria caso o mecanismo não existisse. Feitas as contas, a última linha revela a poupança média diária gerada pelo mecanismo.

“Com esta publicação diária é conferida maior transparência e visibilidade à aplicação da medida, bem como aos benefícios que a mesma tem gerado, e continuará a gerar, na economia e para os consumidores”, revela o MAAC em comunicado, onde defende que, com o recurso ao mecanismo em questão, “os consumidores expostos à escalada de preço que se verifica no mercado veem o preço que pagam pela eletricidade reduzir-se face ao cenário sem mecanismo”, e “as centrais termoelétricas são compensadas na medida do diferencial entre o preço de mercado do gás natural e o valor de referência fixado pelo mecanismo”.

“As restantes centrais, com tecnologias com custos de produção menores, veem os seus lucros aleatórios e inesperados - acima de qualquer expectativa de mercado pré-crise - serem limitados”, explica ainda o MAAC no mesmo comunicado. Ontem podia ver-se que, para hoje, previa-se uma poupança de 11,25%, de 35,03 euros por MWh. 

Os comentários estão desactivados.