Internacional

Incêndio em igreja no Egipto faz pelo menos 41 mortos

Fogo terá começado na sequência de uma falha elétrica que ocorreu durante um culto religioso em homenagem a São Mercúrio de Cesareia, que reuniu centenas de fiéis, dizem as primeiros investigações. 


Um incêndio que deflagrou este domingo na igreja de Abu Sifine, uma igreja cristã copta no Cairo, capital do Egito, matou pelo menos 41 pessoas. 

"As fontes do Ministério da Saúde disseram que os mortos chegam a 41 até agora, enquanto os feridos são 14 pessoas", escreveu a Igreja Copta, em comunicado publicado no Facebook.

O fogo terá começado na sequência de uma falha elétrica que ocorreu durante um culto religioso em homenagem a São Mercúrio de Cesareia, que reuniu centenas de fiéis, dizem as primeiros investigações. 

As chamas já estão controladas, mas os bombeiros continuam as realizar operações de arrefecimento que impedem o acesso à Igreja, o que significa que o número de vítimas mortais pode aumentar. 

 

 

 

Os comentários estão desactivados.