Economia

Preços máximos da botija de gás já entraram em vigor

O diploma publicado pelo Governo prevê ainda que a estes preços máximos apenas podem acrescer “custos com o serviço de entrega”, quando a compra é feita via telefónica ou eletrónica. 

Preços máximos da botija de gás já entraram em vigor

Os preços máximos da botija de gás de petróleo liquefeito (GPL), fixados pelo Governo, entraram ontem em vigor e representam uma poupança de quase 3,2 euros por garrafa de butano de 13 quilogramas (Kg).

O diploma publicado pelo Governo prevê ainda que a estes preços máximos apenas podem acrescer “custos com o serviço de entrega”, quando a compra é feita via telefónica ou eletrónica. 

Os postos de abastecimento e os restantes pontos de venda das botijas GPL devem "garantir o contínuo fornecimento" de garrafas, "designadamente das tipologias sujeitas ao preço fixado", determinou a portaria assinada pelos secretários de Estado da Economia, João Neves, e do Ambiente e da Energia, João Galamba.

 

 

Os comentários estão desactivados.