Vida

Reveladas causas da morte de Anne Heche

Atriz inalou fumo na sequência do acidente que sofreu, assim como um traumatismo craniano e vários ferimentos graves no corpo. 

Reveladas causas da morte de Anne Heche

As fraturas externas graves, o traumatismo craniano e a inalação de fumo causado pelo forte acidente acabaram por provocar a morte de Anne Heche. 

Segundo o Page Six, um médico legista de Los Angeles, nos Estados Unidos da América (EUA), listou a fratura externa da atriz, causada por um traumatismo craniano, como um factor que contribuiu para a sua morte, além da inalação de fumo e das lesões que sofreu durante o acidente. No dia 12 de agosto, foi confirmada a morte cerebral da atriz e as máquinas de suporte de vida foram desligadas no dia 15. 

"Perdemos uma luz brilhante, uma alma bondosa e alegre, uma mãe amorosa e uma amiga leal. Sentiremos profundamente a falta da Anne, mas ela vive através dos seus belos filhos, do seu icónico trabalho", disse uma representante da atriz, ao mesmo órgão de comunicação. "A sua bravura por estar sempre na sua verdade, espalhando a sua mensagem de amor e aceitação, continuará a ter um impacto duradouro."

Recorde-se que a atriz sofreu um violento acidente ao bater com o seu carro, um Mini Cooper, numa casa situada no bairro de Mar Vista, causando um incêndio. Segundo dizem algumas testemunhas, Heche bateu primeiro numa garagem, antes de recuar e depois novamente acelerar. 

O acidente mortal aconteceu depois de outra sinistralidade rodoviária. De acordo com os oficiais do Departamento de Polícia de Los Angeles da Divisão de Trânsito Ocidental, a atriz terá batido anteriormente contra um outro veículo. 

Anne Heche, que tinha 53 anos. participou em filmes como Seis Dias, Sete Noites, com Harrison Ford, ou Sei o que Fizeste no Verão Passado. A atriz ficou também conhecida por ter tido uma relação com a apresentadora Ellen DeGeneres nos anos 90.

Os comentários estão desactivados.