Internacional

Finlândia investiga alegada violação do seu espaço aéreo por dois caças russos

Tratar-se-á do terceiro caso de violação do espaço aéreo finlandês por parte de aeronaves russas este ano, caso seja realmente confirmado.

Finlândia investiga alegada violação do seu espaço aéreo por dois caças russos

A Finlândia está a investigar uma possível violação do seu espaço aéreo por parte de dois aviões do exército russo ocorrida na manhã desta quinta-feira no sul do país. 

O incidente, segundo dizem as autoridades daquele país, registou-se às 9h40 locais (7h40 de Lisboa) em frente à cidade costeira de Porvoo. As duas aeronaves, a que tudo aponta serem dois caças russos MIG-31, entraram à volta de um quilómetro em território finlandês, na direção oeste, tendo violado o seu espaço aéreo durante cerca de dois minutos.

As Forças Aéreas finlandesas enviaram um dos seus caças para realizar um voo de reconhecimento, a partir do mesmo que a possível violação foi registada, informou o Ministério da Defesa finlandês, em comunicado: "A Guarda Fronteiriça iniciou uma investigação e fornecerá mais informação sobre o assunto assim que complete essa investigação."

Tratar-se-á do terceiro caso de violação do espaço aéreo finlandês por parte de aeronaves russas este ano, caso seja realmente confirmado.

Os comentários estão desactivados.