Editorial Luz

A gosto no desporto

Dos carros para o atletismo, Pedro Pichardo continua a ser o nome em destaque: conquistou na quarta-feira o ouro no triplo salto nos campeonatos europeus que acontecem em Munique, na Alemanha, e juntou-o aos títulos olímpico e mundial. 

A gosto no desporto

Com nova onda de calor esperada para os próximos dias, o mês de agosto tem sido também um mês quente no futebol: os termómetros disparam novamente este sábado com o primeiro clássico da época, entre FCPorto e Sporting, no Dragão. Apesar da saída recente de Matheus Nunes ter levado algumas nuvens até Alvalade, os leões de Rúben Amorim tentam voltar a trazer céu limpo ao balneário depois do início de época mais desafiante, com empate a três bolas na abertura da Liga, frente ao Sporting de Braga. Já o dragão procura reacender a chama inicial, mostrada na entrada triunfal na Supertaça e na goleada aplicada no primeiro compromisso na defesa do título nacional, frente ao Marítimo, isto uma semana antes de ter precisado do tempo total de jogo para garantir os três pontos em Vizela. Por sua vez, o Benfica deu mais um passo largo rumo à fase de grupos da Liga dos Campeões, com vitória frente ao Dínamo de Kiev no primeiro jogo do play-off. Roger Schmidt está cada vez mais perto de conquistar o primeiro e principal objetivo da época para os encarnados, continuando a mostrar apenas a sua faceta vitoriosa. Mas não é só no futebol que agosto tem sido agitado.

Campeão mundial de Fórmula E em 2020, António Félix da Costa foi durante a última semana oficializado como o novo piloto da Porsche, uma das marcas com mais história no desporto automóvel. Depois de três anos a representar a DS Techeetah, o piloto de 30 anos concretiza um ‘sonho de criança’ e faz esperar novos feitos para a temporada 2023, com partida no México em janeiro do próximo ano. Dos carros para o atletismo, Pedro Pichardo continua a ser o nome em destaque: conquistou na quarta-feira o ouro no triplo salto nos campeonatos europeus que acontecem em Munique, na Alemanha, e juntou-o aos títulos olímpico e mundial. Também o ciclista Iúri Leitão assegurou o ouro, no scratch, no ciclismo de pista, enquanto Auriol Dongmo foi prata, no lançamento do peso. Mais uma vez, e como já vem sendo hábito, Portugal e os seus resultados de excelência a nível desportivo. 

Os comentários estão desactivados.