Conteúdo patrocinado

Carclasse reforça compromisso face à evolução para a eletrificação automóvel

A Jaguar e a Land Rover são duas das marcas representadas pelo distinguido concessionário automóvel Carclasse.

Carclasse reforça compromisso face à evolução para a eletrificação automóvel

Conteúdo patrocinado por Carclasse

Com infraestruturas em vários pontos do país, a empresa prima pelo foco no cliente e é esta a sua bandeira: fazê-lo sentir-se especial indo de encontro às suas mais exigentes necessidades. “O facto de nos encontrarmos bem distribuídos geograficamente faz com que o cliente sinta que estamos sempre próximos para o apoiar e disponíveis para atuar em qualquer eventualidade”, explica António Marques, responsável de vendas da Carclasse Jaguar Land Rover no Norte. A aprimorada dedicação ao cliente só é possível através do investimento na formação dos trabalhadores da empresa, não só a nível técnico mas também motivacional. “A formação dos nossos recursos humanos nestas duas áreas é fundamental para que sejamos bem sucedidos. Primeiro, porque incutindo-lhes mais conhecimento sobre as características dos automóveis, tornamo-los exímios na sua venda e na sua assistência. Depois, porque a aposta na atenção para com o cliente se traduz na satisfação e fidelização do mesmo”, salienta Frederico Santana, responsável de vendas da Carclasse Jaguar Land Rover em Lisboa.

Outra das mais valias da empresa passa pelo horário alargado dos seus serviços, em funcionamento das 8h00 às 20h00. “Durante este período temos sempre profissionais disponíveis para o atendimento personalizado dos clientes, tanto nas Vendas como no Serviço Após Venda. Adicionalmente, possuímos em todas as nossas instalações, um serviço de entrega e receção de veículos 24 horas, todos os dias do ano. Estamos cientes de que o ritmo de vida das pessoas é cada vez mais acelerado e díspar. Neste sentido, se um cliente só conseguir vir entregar uma viatura às 23 horas terá ao seu dispor alguém para o receber, que registará a intervenção a efetuar para que, no dia seguinte, os nossos assessores deem seguimento ao solicitado. Seguindo a mesma linha de pensamento, estamos agora a implementar um serviço de mobilidade que faz parte da estratégia global da Carclasse de ir de encontro às conveniências do cliente. Assim, encontramo-nos a testar um serviço de recolha e entrega de viaturas: o cliente define o local e o horário que lhe for mais oportuno e nós fazemos esse serviço”, esclarece Frederico Santana. 

Há ainda dois aspetos pelos quais o concessionário se evidencia: o facto de – sempre que  possível – ter a gama completa de viaturas de demonstração, de modo a poder proporcionar ao cliente uma experiência de condução. Tal permitir-lhe-á tomar uma decisão o mais consciente possível; e a disponibilização de viaturas de cortesia assegurando que o cliente mantém a sua mobilidade quando deixa o seu automóvel nas oficinas da empresa.

A Carclasse destaca-se também pelas suas instalações vanguardistas e sustentáveis, com salões nobres, oficinas cuidadas e limpas, notabilizando-se ainda pelo bem acolher, fazendo os clientes sentirem-se em casa e especiais.
Todos estes aspetos fazem da Carclasse uma referência no seu setor e uma Empresa na qual as pessoas sabem que podem confiar e onde as suas necessidades são ouvidas e tidas em conta.

Eletrificação dos veículos
A eletrificação dos veículos é já uma realidade. Contudo, há ainda muitas questões sobre este tipo de viaturas e de como o mundo se irá adaptar a esta nova visão que tem como objetivo primordial a proteção ambiental com a redução da emissão de dióxido de carbono para a atmosfera. “Se pensarmos num passado recente, muita gente não se via a ter um carro elétrico. Porém, o que é certo é que há cada vez mais veículos destes na estrada. É tudo uma questão de adaptação à evolução, tanto das pessoas como das instituições”, sublinha o responsável da área de Lisboa.

De facto, a maioria das marcas estabeleceu já um prazo para deixar de produzir veículos com motor de combustão. É exemplo disso a Jaguar que anunciou que a partir de 2025 a sua gama será totalmente elétrica. Por sua vez, a Land Rover prevê lançar o seu primeiro modelo 100% elétrico em 2024, dando continuidade às versões Plug-In de última geração que encontramos no novo Range Rover e Range Rover Sport apresentados este ano em Portugal. “Para se ter uma noção da evolução que a marca está a fazer, os modelos anteriores a estes apresentavam uma bateria com autonomia anunciada de 50 quilómetros enquanto que, nestes novos modelos já ultrapassa os 100 quilómetros. Os veículos híbridos Plug-in representam a transição para o futuro da eletrificação total automóvel e a verdade é que, em modo elétrico, eles permitem realizar a maioria dos trajetos que os seus utilizadores fazem no seu dia-a-dia.”, explica Frederico Santana.

A marca Jaguar foi praticamente pioneira em Portugal no que respeita aos veículos elétricos com o lançamento, em 2018, do I-Pace, um veículo totalmente elétrico. “Esta foi uma aposta ganha que nos permitiu conquistar uma considerável quota de mercado neste segmento. Apesar da concorrência ter acompanhado a tendência, o I-Pace é um carro com uma grande presença nas estradas portuguesas o que leva as pessoas a interessarem-se e a sentirem confiança neste modelo”, esclarece António Marques. É de salientar que, apesar dos tempos conturbados vividos no setor automóvel, este modelo esteve sempre disponível – e continua a estar – para entrega imediata ao cliente. A juntar-se a ele estão neste momento em desenvolvimento outros modelos que completarão o line-up da marca até 2025. “A Jaguar encontra-se presentemente a mudar profundamente a sua visão estratégica. Em 2025 para além da eletrificação de toda a sua gama, a marca vai deixar de ser aquilo que conhecemos hoje, passando a ser exclusivamente uma marca de luxo: irá mudar os seus modelos, a sua comunicação, o design...tudo. É objetivo primordial da marca ser líder de mercado nos veículos elétricos do segmento de luxo”, esclarece Armanda Fernandes, Diretora Geral da Carclasse Jaguar Land Rover. Esta mudança é algo que a empresa se encontra já a preparar investindo em recursos técnicos e humanos, mais especificamente na sua formação. “É fundamental ter em conta que prestar assistência a automóveis elétricos, e até mesmo híbridos, implica conhecimentos diferentes dos que temos hoje, bem como ferramentas e equipamentos distintos. Assim, os investimentos em recursos físicos e na formação dos nossos técnicos tem sido uma prioridade para a Carclasse. Estamos a preparar o futuro, hoje”, reforça a Diretora. 
Atualmente, e para que haja uma transição ajustada ao futuro do mundo automóvel, a Jaguar Land Rover encontra-se a apostar nos modelos híbridos plug-in que representam a maior quota de vendas destas marcas. “Este ano, num mercado automóvel que se encontra a cair, a compra e venda de viaturas 100% elétricas e Plug-in aumentou face ao período homólogo do ano passado e a Jaguar Land Rover tem acompanhado esta tendência. Aliás, no primeiro semestre de 2022, estas marcas aumentaram o número total de unidades entregues a clientes comparativamente ao ano anterior. Embora tenhamos uma carteira considerável de encomendas, estamos a conseguir entregar as viaturas com relativa rapidez”, destaca Armanda Fernandes. Para tal foi fundamental que as marcas reajustassem a produção em função da disponibilidade dos componentes. “Houve uma preocupação da Jaguar Land Rover em identificar quais as limitações provocadas, primeiro pela a pandemia e agora pelo conflito na Ucrânia, abdicando de alguns equipamentos nos automóveis que outrora eram considerados indispensáveis”, esclarece o responsável de vendas do Norte. 

Protocolos
Nesta transição do setor automóvel para a eletrificação, a Jaguar Land Rover Portugal elaborou, em parceria com a EDP, um protocolo de colaboração. Desta forma, de modo a facilitar o processo aos seus clientes, a Carclasse disponibiliza de modo simples, o acesso a um cartão de carregamento de viaturas na rede pública e possibilita instalação de uma Wallbox – quando necessário –com condições mais vantajosas. “Ao receber o cartão, o cliente deve seguir as indicações nele contidas preenchendo um formulário no site da EDP que, posteriormente, entrará em contacto com ele e, num prazo máximo de 48 horas, o mesmo ficará ativo e pronto a ser utilizado em qualquer posto de carregamento da rede pública”, explica Frederico Santana.

Ao longo dos anos a Carclasse foi crescendo – ultrapassando os desafios que lhe foram sendo colocados – e diversificando a sua atividade. Fruto da aposta incessante na formação dos seus colaboradores, na inovação e na excelência do serviço, é atualmente um concessionário reconhecido cuja prioridade assenta na satisfação do cliente. Guiando-se por estes pilares fundamentais para a sua ação, é com motivação e ambição que a empresa se prepara para a referida mudança de paradigma no mundo automóvel, procurando superar as expectativas do cliente, trabalhando diariamente na procura das melhores soluções para o mesmo, seguindo elevados padrões de qualidade.

Os comentários estão desactivados.