Sociedade

Homem helitransportado para Lisboa após acidente de trabalho nas obras da ferrovia em Alandroal

Devido às circunstâncias do acidente, a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) adiantou que vai abrir um inquérito para averiguar as causas do mesmo.

Homem helitransportado para Lisboa após acidente de trabalho nas obras da ferrovia em Alandroal

DR  


Um homem de 35 anos ficou gravemente ferido na sequência de um acidente de trabalho que ocorreu esta sexta-feira nas obras de construção da ferrovia no concelho de Alandroal, em Évora. A vítima precisou de ser helitransportada para Lisboa.  

Segundo disse o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora à agência Lusa, o homem foi levado de helicóptero para o Hospital de São José.

Devido às circunstâncias do acidente, a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) adiantou à mesma agência que vai abrir um inquérito para averiguar as causas do mesmo.

"A ACT vai deslocar uma equipa ao local do acidente [para] averiguar as causas do acidente de trabalho e verificar se houve falhas no cumprimento das medidas de segurança e saúde", detalhou a fonte.

O alerta para o acidente foi recebido pelas autoridades às 13h11, tendo ocorrido junto à Estrada Nacional 373 (EN373), ao quilómetro 43,4, "na zona do Viaduto de Mures, em construção, da linha ferroviária", de acordo com o CDOS.

A Infraestruturas de Portugal também verificou que o acidente ocorreu na zona de construção deste viaduto, integrado na empreitada de construção do troço da ferrovia Alandroal - Linha do Leste (Elvas), futuro Corredor Internacional Sul.

Segundo o relato da fonte do CDOS, várias estruturas “caíram em cima do trabalhador”, tendo sido possível resgatá-lo, ainda que com “ferimentos graves”.

No terreno, estiveram envolvidos 13 operacionais, apoiados por quatro viaturas e também um helicóptero, incluindo meios dos bombeiros, GNR e Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), de acordo com o CDOS.

De recordar que em setembro do ano passado também ocorreu um acidente de trabalho nas obras de construção da ferrovia na zona da EN373, em Alandroal, mas, dessa vez, o trabalhador morreu.

O homem, de nacionalidade espanhola, foi atropelado por uma máquina no troço entre Alandroal e Juromenha, revelaram na altura fontes dos bombeiros e da GNR.

Os comentários estão desactivados.