Economia

Turismo. Hóspedes e dormidas superaram os níveis de 2019

Dados do Instituto Nacional de Estatística dizem respeito ao mês de julho.

Turismo. Hóspedes e dormidas superaram os níveis de 2019

O setor do alojamento turístico registou três milhões de hóspedes e 8,6 milhões de dormidas em julho deste ano, correspondendo a aumentos de 85,4% e 90,1%, respetivamente (+97,6% e +110,7% em junho, pela mesma ordem). Os dados foram avançados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) que revela que estes números superam o período pré-pandémico uma vez que, face a julho de 2019, registaram-se aumentos de 6,3% e 4,8%, respetivamente.

Nesse mês, o mercado interno contribuiu com 2,9 milhões de dormidas (+9,1%) mas são os mercados externos que mostram o maior crescimento: totalizaram 5,7 milhões (+205,2%). Face a julho de 2019, o mercado interno cresceu 15,8% e os mercados externos atingiram o mesmo nível de 2019.

Fazendo as contas aos primeiros sete meses do ano, as dormidas aumentaram 194,3% (+58,5% nos residentes e +406,2% nos não residentes). Comparando com o mesmo período de 2019, as dormidas decresceram 4,4%, “como consequência da diminuição das dormidas de não residentes (-9,4%), dado que as de residentes cresceram 7,8%”, justifica o INE.

Em julho, 12,8% dos estabelecimentos de alojamento turístico estiveram encerrados ou não registaram movimento de hóspedes (22,1% em julho de 2021).

Os comentários estão desactivados.