Internacional

FBI encontra documento sobre armas nucleares de outro país em casa de Trump

Ex-Presidente dos EUA insinua que FBI ‘plantou’ provas contra si.


Durante uma operação de buscas realizada na casa do ex-Presidente dos EUA Donald Trump, na Florida, o FBI descobriu um documento que descreve as defesas militares de um Governo estrangeiro, segundo o Washington Post, que cita como fontes pessoas próximas do caso.

A descoberta, segundo o jornal norte-americano, confirma assim as preocupações dos serviços de informação sobre matéria confidencial, que estaria escondido na propriedade de Trump.

Em causa estarão documentos que detalham operações ultrassecretas dos Estados Unidos, cujo conteúdo era desconhecido de muitos altos funcionários da segurança nacional do país.

As mesmas fontes, que falaram ao Washington Post sob a condição de anonimato, adiantaram que apenas Donald Trump, alguns membros mais próximos do seu gabinete ou alguém apontado por eles, poderiam autorizar outros funcionários do Governo a aceder aos detalhes dos programas secretos.

Após Trump ter deixado a Casa Branca, os documentos confidenciais foram guardados na propriedade do ex-Presidente em Mar-a-Lago, "com segurança incerta durante mais de 18 meses".

Recentemente, e após meses de tentativas, o FBI conseguiu recuperar mais de 300 documentos secretos naquela propriedade, 184 num conjunto de 15 caixas enviadas à Administração Nacional de Arquivos e Registos em janeiro, mais 38 entregues por um advogado de Trump aos investigadores em junho e outros 100 documentos adicionais descobertos numa busca aprovada pelo tribunal em 8 de agosto.

Neste último lote de papeis do Governo foram encontradas informações sobre a prontidão de defesa nuclear de um Governo estrangeiro, de acordo com as mesmas fontes citadas pelo jornal norte-americano, que, no entanto, não identificaram a nação estrangeira em questão.

Donald Trump foi rápido a reagir à notícia e, como habitualmente, recorreu às redes sociais para acusar a polícia federal de ter ‘plantado’ provas contra si.

"A questão das armas nucleares é uma farsa, assim como a Rússia. A Rússia foi uma farsa, os dois 'impeachments' foram uma farsa, a investigação de Mueller foi uma farsa e muito mais. As mesmas pessoas desprezíveis envolvidas", escreveu Trump.

Os comentários estão desactivados.