Internacional

Os "dias deliciosos" de Isabel II em Portugal

Foram duas as visitas da monarca ao país, mas a mais grandiosa aconteceu em fevereiro de 1957. Recebidos “triunfalmente em Lisboa”, a rainha e o duque de Edimburgo disseram que nunca se esqueceriam.


Tinha 30 anos a rainha Isabel II que aterrou em Portugal a 18 de fevereiro de 1957, uma segunda-feira. “A rainha Isabel teve hoje a mais bela receção de toda a sua gloriosa existência. Um verdadeiro jubileu de oiro! Uma apoteose histórica, em que participou a cidade inteira!

Desde manhã que Lisboa ardia de entusiasmo, e que grandes ondas de alegria se cavavam no meio da multidão – um milhão de pessoas acumulavam-se nos passeios, enchiam as montras, convertiam janelas em camarotes”, lembra a primeira página do vespertino Diário de Lisboa daquele dia, descrevendo, inebriado ainda pela chegada da realeza, “um céu de safira, com nuvens de platina”. Foi a primeira de duas visitas da monarca ao país – a segunda seria em 1985 – e foi a mais grandiosa, a convite do então Presidente da República portuguesa, general Francisco Craveiro Lopes. 

Nas páginas de um número especial comemorativo da visita do Diário da Manhã, guardadas na Hemeroteca de Lisboa, estas imagens ilustram todo o percurso da visita de há 65 anos, que além de Lisboa passou por Nazaré, Alcobaça e Porto.

“Dias deliciosos”, escreveria Isabel II num telegrama já a bordo do avião real que a levaria de volta a Inglaterra ao fim de quatro dias de passeio por terras lusas, com o intuito de reforçar os históricos laços entre os dois países.

“À nossa partida de Lisboa esta manhã, eu e meu marido enviamos a vossa excelência e à senhora Craveiro Lopes e ao povo de Portugal os mais calorosos e sinceros agradecimentos pela maravilhosa receção com que nos acolheram e ainda pela gentileza e hospitalidade com que nos cativaram enquanto fomos vossos hóspedes. Jamais esqueceremos os deliciosos dias que passámos na vossa bela capital e na nossa residência em Queluz”, rezava a missiva.

Era a quarta visita de Isabel II ao estrangeiro – ao longo do seu reinado, somaria mais de 250, a 131 países. Regressaria a Portugal em março de 1985, já rainha madura, nas vésperas da adesão de Portugal, para apoiar a jovem democracia.

Veja as fotografias que eternizaram os momentos de passagem da rainha Isabel II em Portugal