Sociedade

Exército suspende curso de comandos após dois militares terem sido hospitalizados

Um dos militares precisa de um transplante.


O Estado-Maior do Exército anunciou, este sábado, que o 138.º curso dos comandos está interrompido, na sequência da hospitalização de dois militares durante a formação, um dos quais terá de ser submetido a um transplante hepático.

“Por determinação do general Chefe do Estado-Maior do Exército, encontram-se interrompidas as atividades do 138.º Curso de Comandos, até se apurarem, com brevidade mas com a máxima precisão, as conclusões do Processo Averiguações e da Inspeção Técnica Extraordinária aquela ação de formação militar”, divulgou o Gabinete do Chefe do Estado-Maior do Exército.

O militar que se encontra internado na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital de Curry Cabral, “mantém-se numa situação estável, mas com assumida insuficiência hepática”, pelo que “foi tomada a decisão médica de proceder a transplantação hepática, a ocorrer quando estiverem reunidas as condições técnicas e logísticas”, informou ainda o Exército.

Os comentários estão desactivados.