Desporto

Pugilista colombiano em coma induzido após combate

Atleta foi já operado a um coágulo no cérebro. 


Luís Quiñónez, pugilista colombiano, foi colocado em coma induzido depois de ter ficado ferido, no passado sábado, no combate com José Muñoz, na luta pelo título do país. 

A informação foi adiantada esta terça-feira pela Associação Mundial de Boxe (WBA) em comunicado, onde se lê que o atleta se encontra "sob observação" na Clínica General del Norte. 

"Agora, está em coma induzido, e a equipa médica irá aguardar 72 horas para avaliar a sua evolução e tomar uma decisão quanto à maneira de proceder", avançam, informando ainda que Quiñónez foi operado a um coágulo no cérebro. 

O combate dizia respeito à disputa pelo título colombiano júnior de pesos-leves e durou nove rondas, após as quais o atleta foi atingido por diversos golpes, acabando por perder a consciência e tendo sido imediatamente transportado para uma unidade hospitalar. 

Em comunicado, a WBA envia "uma mensagem de encorajamento à sua família, amigos e a todos em seu redor, nestes momentos de ansiedade", endereçando, ainda, ao atleta os desejos de "recuperação rápida e satisfatória".

Os comentários estão desactivados.