Sociedade

Manuel Pizarro inicia processo de dissolução da empresa

Ministro da Saúde vai apresentar "a declaração única de rendimentos, património, interesses, incompatibilidades e impedimentos dentro do prazo previsto, até 60 dias após a tomada de posse".


Na sequência de uma notícia avançada pela CNN Portugal, em que o órgão de comunicação dava conta de que o Ministro da Saúde, Manuel Pizarro, três semanas depois de tomar posse, ainda era gerente de uma empresa na área da saúde, o Ministério da Saúde avança em comunicado que o governante se encontra no processo da dissolução da mesma.

"Ciente de que o exercício de funções como Ministro é incompatível com a integração em corpos sociais de pessoas coletivas de fins lucrativos, Manuel Pizarro, sócio-gerente da empresa “Manuel Pizarro – Consultadoria, Lda”, iniciou o processo de dissolução da mesma, processo que não se encontra ainda concluído por ser necessário proceder à venda de um ativo da empresa, um imóvel de 38 m2, localizado no Porto. A escritura está marcada para os primeiros dias de outubro", lê-se numa nota a que o Nascer do Sol teve acesso.

O ministério escreve ainda que Manuel Pizarro irá apresentar "a declaração única de rendimentos, património, interesses, incompatibilidades e impedimentos dentro do prazo previsto, até 60 dias após a tomada de posse".

Os comentários estão desactivados.