Cultura

Eric Idle lutou contra cancro nos últimos três anos

Numa entrevista que deu ao jornal inglês The Guardian, o artista, de 79 anos, contou como reagiu ao saber o diagnóstico.


O comediante Eric Idle, também conhecido fazer parte do famoso grupo Monty Python, confessou recentemente que lutou contra um câncro do pâncreas nos últimos três anos. 

Numa entrevista que deu ao jornal inglês The Guardian, o artista, de 79 anos, contou como reagiu ao saber o diagnóstico, afirmando que só chorou “quando soube que ia viver. [Quando soube o diagnóstico], aguentei. Sou britânico. Na face do perigo, tentamos não demonstrar emoções”.

Foram dez dias depois de saber os resultados que Eric acabou sendo hospitalizado. “O médico garantiu-me que tinha uma boa oportunidade de retirar o tumor, porque estava mesmo no meio do pâncreas", contou, e eis que a situação se resolveu: "Depois de uma cirurgia de cinco horas, foi removido, perfeitamente intacto.”

O humorista não quis prestar nenhuma declaraçãoi pública sobre o seu estado de saúde, fazendo ainda exames duas vezes por ano. “Andei a viver seis meses de cada vez. Não sabia quanto tempo tinha. Recentemente fui ao médico e ele disse-me: ‘Se tivesse vindo cá duas semanas mais tarde, já não teria sido operado. Teria ido diretamente para a quimioterapia’, o que naquela altura já não serve de muito".

Por mais poder económico ou reputação social que uma celebridade possa ter, Eric Idle não deixou de estar a par da realidade, especialmente no que toca à elevada taxa de mortalidade do câncro de pâncreas, dando o exemplo de George Harrinson, dos Beatles, que o inspirou: “Ele sempre me disse: podes ter o dinheiro que quiseres, podes ser a pessoa mais famosa do mundo, que também vais morrer. Preparou-se para isso toda a vida. Eu estava com ele quando ele morreu. Ele não estava preocupado, porque seguia a fé hindu.”

“Foi fabuloso ver alguém falecer com calma, sem pânico, arrependimentos ou amargura. Foi um grande exemplo", concluiu. 

Os comentários estão desactivados.