Sociedade

Índice de transmissibilidade por covid-19 com tendência descrescente

Rt voltou a estar abaixo do limiar de 1. 


O valor médio do índice de transmissibilidade (Rt) do novo coronavírus em Portugal está de novo abaixo do limiar de 1, uma descida acentuada em relação à semana passada. Além disso, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA), a média de casos diários encontra-se nos 2.644. 

O relatório do INSA indica que o valor médio do Rt - o número que estima quantos casos secundários resultam de uma pessoa infetada - passou de 1,06 para 0,98 a nível nacional entre 26 e 30 de setembro. 

Segundo o instituto, o Rt baixou em todas as regiões do país, apesar de apenas o Norte e o Centro se encontrarem abaixo do limiar de 1 (0,93 e 0,96 respetivamente). 

Por outro lado, os valores mais altos são atingidos nos Açores, com Rt de 1,24, e na Madeira, com Rt de 1,23. 

Já na região de Lisboa e Vale do Tejo o valor de Rt é de 1,02, no Alentejo de ,06 e no Algarve de 1,07.

"No comparativo Europeu, Portugal apresenta a taxa de notificação acumulada de 14 dias entre 240 a 479.9 casos por 100.000 habitantes e um Rt inferior a 1, ou seja, taxa de notificação elevada e com tendência decrescente", lê-se no comunicado divulgado, observando que "apenas Portugal se encontra nesta situação".

Dos países analisados, Bélgica, Bulgária, Croácia, Grécia, Islândia, Noruega, Polónia e Eslováquia apresentam uma tendência decrescente no número de novos casos, com um índice de transmissibilidade inferior a 1.

Os comentários estão desactivados.