Vida

Blake Shelton deixa "The Voice" depois de participar em 23 edições

O cantor de música country está sentado no cadeirão vermelho desde a temporada de estreia do programa, em 2011. Mas esta não é a única saída. 


Tudo o que tem um começo tem um fim. Blake Shelton vai deixar o lugar de mentor no programa “The Voice” após a 23ª temporada, que estreia no próximo ano.

"Tenho estado a lutar contra isto há algum tempo, mas decidi que está na altura de me afastar de The Voice depois da próxima temporada”, anunciou na rede social Instagram o cantor de música country, que está sentado no cadeirão vermelho desde a temporada de estreia do programa, em 2011. 

"Este programa mudou a minha vida de todas as maneiras para melhor, e vai sempre ser minha casa. Quero agradecer a todos no The Voice, a todos os produtores, escritores, músicos e pessoal da restauração, vocês são os melhores. É preciso muito trabalho, paixão e bebidas para adultos (risos) para fazer um espetáculo ao vivo duas vezes por semana", escreveu.

Blake fez questão de mencionar os grandes laços que criou a partir do programa com o colega e apresentador Carson Dali e com a mulher com quem casou e que se apaixonou precisamente no programa, Gwen Stefani.

Enquanto mentor do “The Voice”, o cantor obteve oito vitórias e ainda treinou 15 cantores cujas músicas alcançaram o n.º 1 da tabela das músicas mais ouvidas da aplicação iTunes.

Mas esta não é a única saída. Os atuais jurados Gwen Stefani, Camila Cabello e John Legend também vão abandonar o programa já na próxima e última edição de Blake Shelton, dando lugar de novo a Kelly Clarkson e aos estreantes Niall Horan, integrante da banda One Direction, e Chance the Rapper.

Os comentários estão desactivados.