Sociedade

Falta de papel provoca atrasos nos processos do Tribunal de Braga

Problema está já temporariamente resolvido. 


O Tribunal de Braga viu-se obrigado a adiar cerca de 20 diligências processuais cíveis devido à falta de papel. Contudo, o problema já foi provisioriamente ultrapassado, disse o juíz presidente da comarca. 

Em declarações à agência Lusa, João Paulo Pereira referiu que o problema podia voltar a registar-se se não fosse, entretanto, agilizado o processo de fornecimento de papel.

"Cerca de duas diligências de notificação de réus foram adiadas dois ou três dias, porque são processos que normalmente implicam a utilização de grandes quantidades de papel", disse.

De acordo com o responsável, há cerca de um mês, a comarco registou "alguma redução" de papel, mas na última quinzena chegou mesmo a uma situação de escassez. 

"Houve que racionar para que não faltasse papel para a tramitação dos processos urgentes, como aqueles que têm arguidos presos", admitiu.

 

 

 

Os comentários estão desactivados.