Vida

Ator de Harry Potter foi internado três vezes em clínicas de reabilitação devido ao álcool

Num dos casos, o ator foi expulso por ter sido encontrado no quarto com uma mulher. 


O ator que deu vida a Draco Malfoy em Harry Potter abriu o coração na obra que lançou esta semana sobre a luta que tem vindo a travar contra o consumo excessivo de álcool. 

'Beyond the Wand: The Magic and Mayhem of Growing Up a Wizard' foi para as livrarias esta semana e, no livro, Tom Felton conta que passou de uma pessoa que não fazia questão de consumir bebidas alcoólicas para alguém que "bebia regularmente".

"O álcool, porém, não era o problema. Era o sintoma. O problema era mais profundo", admitiu o ator, referindo-se à saúde mental como o verdadeiro problema.

O consumo começou a ser tão notável que Felton acabou por ser sujeito a uma intervenção por parte de algumas pessoas próximas, como é o caso de agentes, do advogado e da namorada da altura. 

"Tudo o que lhe quero dizer é que esta é a décima sétima intervenção que já fiz na minha carreira. Onze deles já morreram. Não queiras ser o décimo segundo", lia-se numa das mensagens que mais o marcou, enviada pelo advogado, que "mal conhecia pessoalmente".

O artista procurou depois ajuda e foi para uma clínica em Malibu, da qual fugiu menos de 24 horas mais tarde. O ator deu ainda entrada noutra clínica, tendo acabado por ser expulso, uma vez que foi apanhado no quarto com uma mulher. 

Felton fez uma terceira tentativa e admitiu que esta "foi uma das decisões mais difíceis que já teve de tomar". 

"O facto de ter sido capaz de admitir para mim mesmo que precisava de ajuda foi um momento importante. Já não tenho vergonha de levantar a mão e dizer: não estou bem", lê-se na obra.

Os comentários estão desactivados.