Sociedade

Prisão preventiva para jovem suspeito de matar padrasto com faca de cozinha no Seixal

O suspeito foi presente este sábado a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Almada. 


O jovem de 16 anos suspeito de agredir o padrasto com uma faca no peito, tendo resultado em morte, no concelho do Seixal, ficou em prisão preventiva.

O suspeito foi presente este sábado a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Almada, no qual lhe foi aplicada a medida de coação mais gravosa enquanto aguarda o desenrolar do processo, indicou uma fonte da Polícia Judiciária (PJ) à agência Lusa.

A PJ deteve fora de flagrante delito um jovem de 16 anos por fortes suspeitas da prática de “um crime de homicídio qualificado, na forma consumada, na pessoa do seu próprio padrasto, homem com 50 anos de idade".

Segundo um comunicado da PJ, o incidente aconteceu na passada sexta-feira, quando o jovem, durante um conflito familiar, terá recorrido a uma faca de cozinha para infligir “um golpe na parte superior esquerda do peito” da vítima, “causando-lhe uma hemorragia abundante que acabou por lhe provocar a morte".

Os comentários estão desactivados.