Politica

Marcelo agradece a Adriano Moreira por "100 anos de serviço a Portugal"

“Deixou-nos há duas horas Adriano Moreira. Em paz, sereno, na história, mas acima da história como sempre viveu”.


O Presidente da República já reagiu à morte de Adriano Moreira, este domingo.

“Os portugueses pela minha voz agradecem 100 anos de vida, 100 anos de obra, 100 anos de serviço a Portugal”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, numa declaração no Palácio de Belém.

O chefe de Estado sublinhou que Adriano Moreira “durante 100 anos foi tudo ou quase tudo”.

“Académico, mestre de civis e militares, lutador pela liberdade e democracia, depois reformador impossível em ditadura, ainda assim, revogando o Estatuto do Indigenato. Exilado, regressado, presidente de um partido político, vice-presidente da Assembleia da República, Conselheiro de Estado”, salientou.

“Atravessou dois regimes, andou pelo mundo, deixando discípulos, defendendo a nossa língua, a nossa cultura, a nossa pátria comum, sempre com inteligência, com brilho, com tenacidade, com orgulho transmontano, com orgulho português”, lembrou, acrescentando: “Deixou-nos há duas horas Adriano Moreira. Em paz, sereno, na história, mas acima da história como sempre viveu”.

Os comentários estão desactivados.