Politica

Debate sobre energia só se realizará depois do OE

O debate parlamentar de urgência pedido pelo PSD sobre o acordo de interconexões ibéricas de energia só se vai realizar depois de concluída a discussão do Orçamento do Estado, a partir de 25 de novembro.


Acordo interconexões 

O debate parlamentar de urgência pedido pelo PSD sobre o acordo de interconexões ibéricas de energia só se vai realizar depois de concluída a discussão do Orçamento do Estado, a partir de 25 de novembro.

A decisão foi anunciada pela deputada socialista Palmira Maciel, no final da reunião da conferência de líderes. O PSD pretendia que o debate se realizasse na quinta-feira, após a conclusão da discussão e votação na generalidade do Orçamento do Estado para 2023.

“Rolo compressor” 

Já depois de ser conhecida a decisão, o líder parlamentar do PSD acusou o PS de voltar a usar “o rolo compressor da maioria absoluta” para impedir a realização do debate.

Segundo Joaquim Miranda Sarmento, apenas o PS se opôs a que este debate se realizasse durante o período de discussão orçamental.

“Entendemos que o Regimento não impedia este debate, foi com a oposição do PS que este debate não se realizou. Do ponto de vista regimental, o debate tinha de se realizar quinta ou sexta-feira”, defendeu o social-democrata, adiantando que, depois do processo orçamental, o partido irá voltar a pedir uma discussão parlamentar sobre a matéria, recorrendo a outra figura regimental, que não o debate de urgência.

Os comentários estão desactivados.