Economia

É oficial: BCE aumenta taxas de juro em 0,75%

Valores da prestação podem subir entre 50 e 108 euros.


O Banco Central Europeu (BCE) decidiu, esta quinta-feira, aumentar as taxas de juro em 0,75%, como o i já tinha avançado ser o cenário mais provável.

Trata-se da terceira subida deste ano, uma estratégia defendida pela entidade liderada por Christine Lagarde para travar a escalada da inflação.

Com efeitos a partir de 2 de novembro, o aumento de 75 pontos base irá ter um impacto nas taxas Euribor, que também subirão, o que tornará o crédito mais caro, aumentando por exemplo o valor das prestações mensais das hipotecas. Uma situação que também terá reflexos em quem está a pensar em pedir empréstimo.

A título de exemplo, os valores da prestação podem subir entre 50 e 108 euros, consoante o valor do imóvel.

A próxima reunião do BCE, que tem optado pelo cenário mais pessimista, está marcada para 15 de dezembro e Christine Lagarde, nas suas declarações esta quinta-feira, já fez saber que as taxas de juro vão continuar a aumentar.

Os comentários estão desactivados.